The best bookmaker bet365

Дървен материал от www.emsien3.com

Metrópoles: Presidente do CNE diz que novo ensino médio não é para “perturbar”

Em: 24 Maio 2023 | Fonte: Metrópoles

Luiz Roberto Liza Curi defendeu que a medida não serve para “perturbar”, mas para, segundo ele, “ampliar o aprendizado”

O presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE), Luiz Roberto Liza Curi, disse nesta quarta-feira (24/5), que o novo ensino médio não é para “perturbar”, mas para, segundo ele, “ampliar o aprendizado”. Por isso, segundo o professor, o termo deveria ser trocado de reforma para “nova política do Ensino Médio”.

“Não está sendo feito para perturbar, mas para ampliar o aprendizado, além de estruturar a educação profissional e tecnológica”, iniciou Curi.

A fala foi feita durante o XV Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP), que acontece em Alexânia, Goiás.

Para ele, o período de consulta é importante e proporciona tempo ábil, até agosto, para uma melhor análise sobre o tema. “Consulta importa para nós, mas acho que, depois da consulta, vai haver ordenamento natural entre Enem e o que se espera da reforma implantada. É natural e não pode ser de outra forma”, pontuou.

“Trabalhamos com a perspectiva de reordenamento e reestruturação dentro da reforma. A reforma estrutura o ensino médio. Aliás, não vamos chamar de reforma, mas de nova política do Ensino Médio. Ela estrutura o ensino médio na perspectiva de inserção e isso tem que ser melhor deliano e detalhado. É orientação do ministro [da Educação, Camilo Santana]”, prosseguiu.

A “nova política do Ensino Médio”, enfim, seria para possibilitar a redução de déficits nas escolas e aprofundamento do aprendizado.

“Temos também que avaliar os itinerários de formação básica no sentido de fortalecer o aprendizado e conceber espaço de aprendizado que realmente atenda o objetivo da nova política, que é o aprofundamento do aprendizado e que saiam da escola sem déficts”, ponderou o presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Consulta pública

O Ministério da Educação (MECcomeçou a realizar, em abril, as primeira atividades relacionadas à consulta pública sobre o novo ensino médio. Por meio do canal do YouTube da pasta, um webinário reuniu especialistas para discutir o tema.

A consulta pública dura até 6 de junho, com possibilidade de prorrogação, e envolverá processos como audiências nos estados, realização de pesquisas e um circuito com especialistas em educação. A discussão do novo ensino médio será feita de forma descentralizada, com audiências em todas as regiões do país. É possível enviar contribuições sobre o tema pela plataforma Participa + Brasil.

implementação da reforma do ensino médio foi suspensa no início de abril. Por meio de portaria, o MEC sustou também a adaptação ao novo currículo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para 2024.

abiee amies anec brasil tec logo abmes logo abrafi logo abrafi
logo ampesc logo anaceu logo anup logo fenep logoFonif logo semerj logo semesb logo semesp

Online bookmaker Romenia betwin365.webs.com