The best bookmaker bet365

Дървен материал от www.emsien3.com

Dona da Estácio, Yduqs cresce em medicina e EAD

Em: 13 Agosto 2019 | Fonte: Valor Econômico

Diante da pouca oferta de Fies, programa de financiamento estudantil do governo, a Yduqs (ex-Estácio) cresce na esteira dos cursos de medicina e da graduação on-line. Essas duas modalidades não dependem do crédito estudantil e tornaram-se as vedetes do setor no atual momento de crise econômica.

No primeiro semestre, a receita líquida proveniente dos alunos de medicina cresceu 19% e a dos cursos de EAD subiu 25% em relação aos mesmos seis meses de 2018. Nesse mesmo período, a receita líquida da companhia caiu 0,5%.

Atualmente, a Yduqs tem 3,8 mil alunos matriculados em medicina que juntos geraram uma receita de R$ 174 milhões no primeiro semestre, o que representa 9,2% da receita líquida total. O valor médio da mensalidade dessa graduação é de R$ 8 mil, o equivalente a dez vezes o tíquete médio dos demais cursos presenciais do grupo carioca.

"Só com crescimento orgânico, estimamos ter 5,8 mil alunos de medicina em 2024, uma vez que muitos de nossos cursos ainda estão em fase inicial. Ou seja, até 2024 só teremos entrantes [calouros], não temos alunos se formando. Considerando o programa Mais Médicos, atingiremos 8,5 mil", disse Eduardo Parente, presidente da Yduqs.

Numa projeção de longo prazo, daqui nove anos, a companhia deve atingir 13 mil matriculados em medicina, considerando exclusivamente um crescimento orgânico. Segundo a Hoper, consultoria especializada em educação, os grupos educacionais com uma boa base de alunos de medicina ainda conseguirão crescer bem na próxima década, devido à alta demanda por essa modalidade de graduação mesmo com a entrada de novos competidores.

No segundo trimestre, a receita líquida da Ydus caiu 0,7% para R$ 957 milhões, o que foi compensado por uma redução de 5,2% na linha de custos dos serviços prestados, para R$ 405 milhões. Essa combinação ajudou a companhia apurar um lucro líquido de R$ 202 milhões. Desconsiderando o benefício fiscal apurado no segundo trimestre de 2018, que impactou positivamente o resultado, o lucro líquido da Yduqs aumentou 12%. Sem esse ajuste, houve uma queda de 14,7%.

Em relação ao vestibular do meio do ano, cujos aprovados podem fazer matrícula até setembro, a Ydqs projeta crescimento de até 10% no número de calouros dos cursos presenciais e acima desse percentual na graduação on-line.

Já o valor da mensalidade nas duas categorias pode oscilar entre uma queda 5% e uma alta de 5% em relação ao ano passado, por conta da concorrência. Até junho, o tíquete médio da graduação presencial era de R$ 824 e nos cursos a distância, de R$ 273.

logo abmes logo abrafi logo anaceu logo anup logo fenep logo fenep logo semesp

 

 
 

Online bookmaker Romenia betwin365.webs.com